intimidadedegarota:

Não sei o que tem acontecido comigo. Não sei porque estou assim tão sentimental e vulnerável as pessoas. Eu havia jurado que nunca mais me apegaria. Jurei que não permitiria a ninguém entrar na minha vida e partir meu coração. Mas eu ando sendo fraca. Voltei a acreditar nas pessoas. Estou me permitindo essa chance. Confesso que tenho medo, muito medo. Não quero descobrir que estou errada. Mas eu tenho que tentar, tenho que me permitir isso. Não é possível “viver” sozinha. Intimidade de Garota - Pâmela Ferreira 

intimidadedegarota:

Não sei o que tem acontecido comigo. Não sei porque estou assim tão sentimental e vulnerável as pessoas. Eu havia jurado que nunca mais me apegaria. Jurei que não permitiria a ninguém entrar na minha vida e partir meu coração. Mas eu ando sendo fraca. Voltei a acreditar nas pessoas. Estou me permitindo essa chance. Confesso que tenho medo, muito medo. Não quero descobrir que estou errada. Mas eu tenho que tentar, tenho que me permitir isso. Não é possível “viver” sozinha. Intimidade de Garota - Pâmela Ferreira 

(via intimidadedegarota-deact)